segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Viragem

Já não escrevo neste blog há sete dias. Isto a fazer fé no calendário porque, no meu caixote de memórias, foram sete semanas desde o dia em que o mundo inverteu o sentido de rotação.

O último ano foi atípico para mim. Mais do que factos tangíveis, foi atípico na minha consciência.

-- Relaxa... - disse a vozinha cá dentro.

-- Hãã?!? - esbugalhei os olhos, não acreditando direito no que estava a ouvir.

-- Relaxa. Tens corrido a vida toda em direcção a coisa nenhuma, a enfrentar gigantes que são ao fim e ao cabo patéticos moínhos de vento. Pára. Não queiras fazer tudo.

-- Mas o futuro... - atrevi-me a balbuciar uma resposta, prontamente interrompido.

-- Mas o futuro o quê, ó caramelo? Que vida tens feito tu? Que tens gozado tu? E se por uma vez na gaita dessa tua existência em vez de te esforçares tanto te dedicasses a apreciar a vida?, e te ouvisses a ti mesmo?

E, depois da estupefacção de ouvir a minha consciência dizer-me o contrário do que me disse toda a vida, assim foi. Estes últimos meses foram andando em ritmo de passeio, sem pressa, cabelos ao vento sol no rosto.

Num trambolhão a vida deu uma volta. Num estalar de dedos há de novo sentido, há de novo rumo, há de novo futuro.

-- Estás a ver, meu palerma? - disse-me a vozinha cá dentro ontem à noite - _Agora_ é que é o momento de saíres dessa moleza. Mas desta vez com juízo e sem perder o Norte!

18 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

E eu fico tão feliz :) É como se acompanhasse o caminho de um amigo que estava tao desencantado que nao sabia sequer se havia caminho e de repente me dissesse: "Já sei! ESTE é o caminho... Afinal HÁ caminho. EU sempre soube que havia so nao sabia quando"... e devagarinho eu sorrisse por um final feliz :)

Abraço grande

R. disse...

@Daniel:

E não é que é isso mesmo?
Um abraço grande também. :)

R.

Che disse...

Muito ocupado nestes 7 dias... certo? ;)
É tão bom estar ocupado deste jeito... :)

Beijos

R. disse...

@Che:

Ocupadíssimo! :)

R.

mf disse...

Para não perder o Norte, não há como arranjar alguém que perceba de bússolas... :)

R. disse...

@mf:

É. A minha às vezes encrava. É preciso dar-lhe uns abanões! ;)

R.

Ventania disse...

:) Lindos!!!

R. disse...

@Ventania:

Todos os que passam por este blog são lindos. :)

R.

Marina disse...

Acho que preciso de te contratar para seres a voz da minha consciencia!
Estou a precisar que me mandem passear com os cabelos ao vento!

E ja agora, obrigada pelo elogio aqui de cima! eheh

Beijinhos

Jane Doe disse...

;)

Tens uma consciencia sábia tens.

:)

Erika disse...

Isso acontece com pessoas quem se preocupam demais com os outros, com o futuro, com tudo menos com elas mesmas. Sua consciência fez muito bem em te alertar para comçar a viver e não sobreviver.

Abraços e até!

R. disse...

@Marina:

Vai passear com os cabelos ao vento!

Pronto!, já disse! :)

E o elogio é merecidíssimo. :)

Beijinho,

R.

R. disse...

@Jane Doe:

Talvez a consciência seja sábia, mas lá que por vezes tenho ganas de esbofeteá-la (à minha consciência, bem entendido!), isso tenho! :)

R.

R. disse...

@Erika:

Tens razão no que dizes, minha querida. :)

R.

Andre Martin disse...



Se a(vo)vozinha tem alguma razão, então acho que fiquei a confudir-me... O R. que pensei era ser o gato do castelo; no entanto, ela vem dizendo que a fábula de sua vida nem seria do gato de botas mas sim de dom quixote!

O que seria melhor: perder o Norte ou perder a Morte? Sei lá, deixa a Sorte decidir!

R. disse...

@Andre Martin:

Ora alguém apostado em confundir-me ainda mais, hum? :)

R.

TERESA SANTOS disse...

Olá Gatito,
Também tenho andado um pouco arredia da blogosfera, mas, e como sabes, o teu Castelo é de visita obrigatória.
Assim escusado será dizer-te que fiquei super feliz por teres encontrado o teu rumo, o teu caminho. Por teres acabado com essas dúvidas, com lutas contra coisa nenhuma (será que te uimaginavas um D. Quixote?...).
No fim, e em sintese, por te teres encontrado. Sê feliz, Amigo, aproveita a vida. VIVE, VIVE em pleno.
Abraço.
P. S. Será que sobra um tempinho para desenhares os meus ovinhos da Páscoa??? Ai, ai...

R. disse...

@TERESA SANTOS:

Obrigado. Vivo, viverei, sim. :)

Ovos de Páscoa? Talvez, mas tens de me mandar uns (de chocolate...) para me servir de modelo e inspiração! (O Gato é doido por chocolate!).

R.