segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Sustos


Não tenho vindo muito por cá.

Não é uma falta, é necessidade de pôr ordem dentro de mim mesmo antes de verter aqui em palavras o que me no âmago.


Muitos poderão ter julgado que o post anterior, intitulado "Viagem", se referia a uma viagem no seu sentido mais vulgar. Pois tal não acontece, sendo que a viagem é essencialmente interior, mais viragem do que viagem. E assusta, sobressalta.


Há várias mudanças a ocorrer na minha vida. Uma, é deixar o meu emprego e lançar-me num trabalho por conta própria. E é já esta semana que deverei pôr a minha assinatura num papel para que tal aconteça. Este salto para o vazio assusta-me, confesso que me assusta imenso, e há momentos em que me sinto vacilar como folhas ao vento na dúvida de estar a dar um passo acertado ou um passo para a asneira.


A segunda mudança importante (e primeira em importância, seguramente) é de foro afectivo, numa convolução de sentimentos, de caminhos não trilhados, de risco, de sonhos e de medos. Mudanças que, ainda que num primeiro olhar pareçam a dois, na verdade envolvem e envolvem-nos em muito mais pessoas.


Como a vida não é compartimentada em contentores coloridos e arrumadinhos num porto de mar, acontece que as mudanças anteriores cruzam-se e entrelaçam-se, com mais uns quantos problemas (que não matam mas moem) a enfeitar. Torna-se frequentemente complicado, mesmo muito complicado, respirar fundo e seguir em frente com fé, esperança e alma grande.


Assim vão os meus dias. Desejem-me sorte.

4 comentários:

Mirian Martin disse...

Boa sorte, gatinho!
Tenho certeza que seus caminhos serão bem traçados, por mais surpreendentes que se apareçam. Afinal de contas, esse Gato pensa sempre muito bem antes de fazer.

beijocas

R. disse...

@Mirian Martin:

'Brigadão pelo voto de confiança, Mi. :)

R.

Erika disse...

Humm, mudanças = frio na barriga!
Mas com certeza vai dar tudo certo. É como a Mírian disse, você deve ter pensado antes de tomar uma decisão.
Então, por mais complicado que seja: não se assute tanto, respire fundo e confie em você.
Boa sorte!

R. disse...

@Erika:

Muito frio na barriga mesmo.
Mas com calma a coisam via. Respirar fundo e confiar é bom conselho. :)

R.