sábado, 23 de janeiro de 2010

Arranhadela - numéro hors série

Não me apetece escrever e deixá-lo de o fazer é impossível.

O dia merece palavras e todas as que encontro assemelham-se a imitações inacabadas daquilo que deveriam ser.

Não me alongarei, embora devesse. Era merecido, exigível até. Espero o conselho do travesseiro. Por ora, o dia é já demasiado longo.





Bem Devagar - (Gilberto Gil, voz Caetano Veloso)

Sem correr
Bem devagar
A felicidade voltou para mim
Sem perceber
Sem suspeitar
O meu coração deixou você surgir

E como o despertar depois de um sonho mau
Eu vi o amor sorrindo em seu olhar
E a beleza da ternura de sentir você
Chegou sem correr
Bem devagar

Amor velho que se perde
Sai correndo para outro ninho
Amor novo que se ganha
Vem sem pressa, vem mansinho

Sem correr
Bem devagar
A felicidade voltou para mim
Sem perceber
Sem suspeitar
O meu coração deixou você surgir

E como o despertar depois de um sonho mau
Eu vi o amor sorrindo em seu olhar
E a beleza da ternura de sentir você
Chegou sem correr
Bem devagar

5 comentários:

A Senhora disse...

O gato está feliz!! :) Espero que seja muito, muito,muito feliz! :)

Beijocas

TERESA SANTOS disse...

E a preguiça que não passa, e a inércia que se instala!
Mas estás perdoado! Porquê? Porque o duo Gilberto Gil/Caetano Veloso redime qualquer pecado! Mas, para onde foi a voz de Caetano?!...
Estou à espera da visita! É fazer o ratito (suponho que o teu brinquedo preferido, dado seres um Gatito a sério) avançar, ou recuar, até ao link que conduz até
ao "Crónicasdateresa". É que o presente espera-te!
Abraço.

R. disse...

@A Senhora:

Eu estou é confuso... :S

R.

R. disse...

@TERESA SANTOS:

Vais-me perdoar, minha querida, mas aquele questionário de 26 perguntas vai ter que aguardar... :(

R.

TERESA SANTOS disse...

São só 26! Qual é o problema?!...
Queres uma ajudinha, queres? Envio as perguntas e tu só respondes, queres?
Ai, ai. Não há nada a fazer!...