sexta-feira, 19 de junho de 2009

30

30 velinhas para ti, hoje.
Não ponho fotografia de bolo nem prenda, não virás cá, e de mais a mais seria despropositado neste campeonato.
Desejo-te a vida que para ti desejares, nas escolhas que assumires.
Daqui a pouco telefono-te a dar os parabéns.

5 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

hum... pois... o amor nao se escolhe nao é?...

R. disse...

@Daniel:
Não. E eu escolhi outro caminho.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Parabens por isso, se é que percebi. OU seja, espero que a escolha do "outro caminho" nao tenha sido a capacidade de deixar/acreditar no amor.

ab

R. disse...

@Daniel:
É por aí, sim.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Fico feliz por isso :)