sábado, 18 de julho de 2009

Arranhadelas IV

O Gato anda fugido, esquivo.

--Característica comum nos gatos - dirão.

A verdade é simples: os assomos de imaginação não têm hora marcada e, para não miar decentemente, não mio de todo.

Além de esquivos, somos também conhecidos por ser narcísicos, e esta "Arranhadela" feita por pândega demonstra-o em duas versões num magro minuto.

Quem topar a música logo na versão lounge de hotel leva o meu aplauso. Quem não o conseguir, tem uma segunda versão mais prosaica para o fazer.


6 comentários:

A Senhora disse...

:))))))

Vou mandar por email um texto que recebi sobre canções infantis. Não sei se vai conher todas, mas esta estava lá.

beijocas, gatinho

R. disse...

@A Senhora:

Eheh, cantiga infantil, incontornável e politicamente incorrecta. Boa para gatos masoquistas - não eu! XD

Cá verei o mail. Beijito, :)

R.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

lol... ;) prefiro o início sem desvio para a ode ao autor ;)

gosto muito de piano. ha centros comerciais (os do Saldanha têm, por exemplo) e que ha sempre alguem a tocar piano... Lindo.

abraço

R. disse...

@Daniel:

Ambas são a mesma ode ao autor. Mas também acho que a primeira versão tem mais pinta, confesso. :)

R.

Jane Doe disse...

Ai esta parte do fim!

Gostei gostei muito!

Atirei o Pau ao Gatoo oooo mas o Gatooo oooo Não mordeuu uuuu uuuu


Pois não, fugiu.

Eheheheheh.

R. disse...

@Jane Doe:

Fugiu e de que maneira! :)

R.